Publicado em

Carmos Triacca

Norberto bom dia,

Meu nome é Carmos Triacca, moro em Brasília/DF, especificamente no PAD-DF uma região agrícola do Distrito Federal povoada por muitos sulistas e também pessoas de várias regiões do País.

Fazer a minha própria cerveja é um sonho recente que se acendeu muito forte no último meses, o qual eu imaginava estar muito distante de ser realizado. Mas ao ver seu trabalho e estudando bastante sobre o assunto, resolvi adquirir um kit top de linha em janeiro.

Eu e meu irmão Ado Triacca que temos um pequeno bar as margens de uma rodovia, resolvemos fazer a primeira leva de Pale Ale que imediatamente batizamos de Pad Bier, fazendo uma analogia e homenagem ao lugar onde moramos, o PAD-DF que significa Plano de Assentamento Dirigido do Distrito Federal;

No início do processo, cheios de dúvidas, ficamos meio receosos de que não daria certo, que poderia ter sido um impulso que não viraria em nada!

Mas seguindo o “passo a passo” da sua apostila e do material do CD-room, fomos percebendo a transformação que ia ocorrendo no decorrer dos processos… No final da mostura, o cheiro já pelo menos se parecia com algo que lembrasse cerveja, mas ainda tínhamos dúvidas que aquele molho amarelo se tornaria cerveja de verdade!
Depois da 1ª fermentação, durante o envase, mais uma confirmação que estávamos no caminho certo, a cerveja estava numa cor muito bonita e o cheiro já era bem mais agradável!

A ansiedade aumentava a cada dia, aguardar mais 20 dias para abrir a primeira garrafa foi angustiante! Abrimos uma garrafa apenas para avaliaro decorrer do processo de maturação aos 12 dias de engarrafadas e ficamos muito felizes ao ver que já tínhamos praticamente uma cerveja pronta, porém necessitando “amadurar” mais e ficar mais uns dias para produzir mais álcool e gás!

Mas a maior alegria veio mesmo no final de todo o processo, com 30 dias do início do processo, fizemos uma noite de degustação da Pad Bier, convidamos a comunidade e amigos, elaboramos um rótulo para nossa cerveja e foi realmente um sucesso!

Obviamente, como o paladar é uma coisa muito particular e individual, alguns gostaram bastante e outros acharam que poderia ter mais álcool ou ser mais forte… Ainda não temos o densímetro, para avaliar o percentual de álcool, mas pretendemos adquirir em breve!
Bom, essa foi nossa primeira fabricação! Já temos uma leva de Weiss em fermentação e tudo indica que seremos cervejeiros caseiros para o resto de nossas vidas!!! Realmente um prazer indescritível!

Outro prazer, foi degustar o nosso pão de cerveja, que também pretendemos colocar a disposição de nossos amigos e clientes.

Obrigado Norberto pela atenção com seus novos “alunos-discípulos” e em breve pretendemos te conhecer pessoalmente e fazer um de seus cursos!!

Abraço
CarmosTriacca e Ado Triacca
Brasília, PAD-DF, março de 2012